icones insta.png
icones fan.png
icones yout.png
icones twitt.png

Eliel Ferreira, natural de Anápolis, iniciou seus estudos musicais aos 8 anos de idade na Escola de Música de Anápolis, onde concluiu o curso técnico de violino na classe da professora Claudia Schneider em 2001. No ano seguinte deu continuidade aos estudos em Goiânia com o professor Salmo Lopes. Em 2011 recebeu o diploma de Licenciatura em Violino pela Universidade Federal de Goiás na classe do professor Alessandro Borgomanero.

Desde 2013 passou a dedicar-se à regência orquestral, recebendo orientações do Maestro Eliseu Ferreira. No ano seguinte, começou a ter aulas com o professor Neil Thomson. Procurando aperfeiçoar-se, participou de master-classes com renomados maestros como Claus Efland, Gottfried Engles, Claudio Cruz, Gian Luigi Zampiere e John Farrer. 

Em março de 2015 participou do Festival Lucerna com o renomado maestro Bernard Haitink. Participou também do 7º Laboratório de Regência da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais sob a orientação do Maestro Fábio Mechetti e também do II e III Workshop de regência da Orquestra Filarmônica de Goiás. Em 2016 participou do London Conducting Workshop em Londres na Westminster School. No ano seguinte, ingressou na Orquestra Sinfônica de Goiânia como maestro assistente.

Atualmente é maestro titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, maestro assistente da Orquestra Sinfônica de Goiânia e estuda regência com o Maestro Neil Thomson.

Thierry Neves iniciou seus estudos musicais aos 9 anos de idade, na Igreja Assembleia de Deus, recebendo lições de violino com o professor Dário José e, posteriormente, orientações do professor Luciano Pontes. Em 2011 mudou-se para o Rio de Janeiro tendo aulas com o violinista e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Daniel Guedes. Dentre os festivais que participou estão: Oficina de Música de Curitiba, Festival de Música de Santa Catarina (FEMUSIC), Festival de Inverno de Campos do Jordão, Ilumina Festival e Yonung.

Thierry é vencedor de vários concursos pelo Brasil, dentre eles: concurso de aluno destaque da oficina de música de Curitiba (2011), Paulo Bosísio (2009), onde recebeu o prêmio de melhor estudo e prêmio especial do concurso (violino austríaco Schuster), Jovens solistas da Filarmônica de Goiás em 2014, Jovens Solistas da UFRJ em 2015. Ele também participou de masterclasses com renomados professores nacionais e internacionais como: Cláudio Cruz, Alessandro Borgomanero, Daniel Guedes, Lara Lev, Giora Schmidt, Tai Murray, Grigory Kalinovsky, Patinka Kopec e Pinchas Zukerman.

Em 2013, após ser selecionado o Spalla da Orquestra do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, recebeu uma bolsa de estudos para participar na Chamberfest, na renomada Juilliard School, em Nova York, onde ganhou orientação da violinista Lara Lev, recebendo ótima crítica do jornal “The New York Times”.

Em 2017 foi aprovado na Manhattan School of Music, em Nova York. Ele concorreu com 3 mil candidatos, quebrando um jejum de 20 anos sem a aprovação de um violinista brasileiro

Piort Ilitch Tchaikovsky (1840-1893) 
Romeu e Julieta Abertura|Fantasia 

Jules Massenet (1842-1912)
 Meditação da Ópera ‘Thaís’
 
Pablo de Sarasate (1844- 1908) 
 Árias Ciganas, op. 20 
 Thierry de Lucas Neves, violino

José Pablo Moncayo (1912- 1958)
  Huapango

 Arturo Marquez (1950)
  Danzón nº 2 

ITEGO EM ARTES BASILEU FRANÇA 2019